terça-feira, 7 de julho de 2009

Vovó e Vovô passeiam

Vovó e Vovô passeiam
Dão nome a pequenina cidade que tem
praça sorvete
igreja jardim
Vovô contou para Vovó de quando viu aquela casa ser
construída
Vovó disse que já não suporta mais tanta repetição
Na vida
social de vovô e vovó
Caminhada cedinho café da manhã sem doce para vovó
diabética
Ele gulosinho que gosta de comer doces
Almoço quentinho fumaça
que sobe da panela é casa de vó de cabelos branquinhos com biscoito
amanteigado
Soninho da tarde roncos adoráveis
Mais de 60 anos de
ouvido
Vovó e Vovô passeiam

Caminhada da tarde. Ele conta que saltou de um bonde carioca para que ela o visse e quebrou o braço . Fratura de amor. Ele conta que seu pai lhe disse que ele estava se embriagando no primeiro gole de primeira namorada hoje sua mulher há 60 anos de ouvido de ronquinhos no final da tarde de passeio pelos paralelepípedos que parecem contar histórias. Histórias de Vovô e Vovó.

Eles não sabem, mas eu conto o segredo que não podem ver:
no peito de cada um,assim, embaixo dos panos de camisa, pulsando no
coração, há um porta jóias lindo, daquele que se carrega com a foto do
amado,antigo, em forma de coração brocado em dourado prata e pedras preciosas.

Seguidores

Arquivo do blog