domingo, 26 de fevereiro de 2012

Minha geração, uma paixão

Eu lembro e ainda ouço hoje a trilha sonora que tocava na vida dos jovens cool daquele verão em que eu te conheci. Ali começava toda a minha juventude. Hoje me peguei, de longe, ouvindo as músicas daquele tempo em que eu tinha aquela grande cabeleira descabelada e tinha mania de botar flor no cabelo, foi assim naquela noite em que você me conheceu. Em algum lugar da casa tocava Little Joy, só pode ser, porque foi o que marcou aquele tempo. Hoje ouço e me transporto como num filme, pra lembrar do jeans que eu usava com aquela faixa de pano na cintura que fazia parecer que eu tinha "quebrado as cadeiras", como já dizia uma amiga. Me transporto como num filme para as mil conversas que eu já lembrei, relembrei, odiei e amei tantas e tantas vezes, aquelas confusas que tivemos naquela noite. Na verdade, eu acho que não tivemos propriamente um diálogo. Ainda aposto que se alguém a ouvisse não ia entender nada, pois acredito que não se passava de cada um expondo suas próprias ideias sem a menor sequência pergunta-resposta ou coisa assim.
Ontem eu saí por aqui e tomei uma Stella. Acontece muito comigo em sair sozinha com qualquer punhado de amigos, e tomar uma Stella quando dá, que é pra homenagear você e aquele dia. Eu não conto ou falo nada pra ninguém, é como um segredo. Eu tomo quieta, e no primeiro gole lembro daquele dia. Lembro que quando você começou a falar, eu pensei em dar a desculpa de levantar para pegar um copo d'água, mas algo me impediu. Deus, destino, horóscopo, energia, sorte, azar. Ainda me pego pensando que rumo teria dado se eu tivesse me levantado pra pegar água. Não sei, o que sei foi tudo que se deu desde então e que me levou a estar hoje, depois de três anos daquela noite, a ouvir aquelas músicas novamente, sentir tudo por você novamente e tomar esta Stella pensando que ainda somos aqueles dois jovens, sentados na mesa de bar do apartamento das meninas, achando que o mundo era aquilo ali.
Peço perdão por tanta nostalgia, são as músicas e a cerveja. Agradeço por todo o sentimento que você me deu desde então, nunca foi tão bom e tão ruim sentir. Sinto muito.

Seguidores