sexta-feira, 11 de março de 2011

Comeerj

Você não vai entender se esse ano não houver samba.
Você ficará perdida sem uma sandália de prata arrastando pelo cimento duro.
Você não vai entender que existe um samba maior que mora em mim, e ele fica mudo ou se transforma quando o mundo parece sambar.
Esse ano eu estive feliz no carnaval. Teve confete, serpentina, sorriso. Teve Karol, Jaisah, Aline, e esse ano teve até Luisa e Andréa, o Thiago até esteve folião.
Mas eu estive mais calada, mais contida que de costume na data.
Meu coração esteve longe e você não vai entender e eu não espero que você entenda.
Há uma questão de sentir pra entender, e pra sentir, só indo. Eu não fui e senti, senti muito.
Meu coração esteve na COMEERJ.
Um dia se eu fosse perguntada onde está Deus, eu diria que ele está ali depois da linha de trem em Barra Mansa, na Eduardo Junqueira,aos sábados.Mas eu também diria que no Carnaval, ele se divide em vários "pólos".

Seguidores